Miho Kono

Entrevista

Realização atlética mais importante antes de se reunir à equipe do Cirque du Soleil:

Medalha de prata na copa FINA em 1997 e 1999;
Medalha de prata no campeonato do mundo de 1998;
Medalha de bronze (equipe nacional do Japão) nos jogos olímpicos de 1996.

Nos fale um pouco de seu percurso atlético, acrobático ou artístico antes de se reunir à equipe do Cirque du Soleil:

Pratiquei nado sincronizado durante 13 anos e fiz parte da equipe nacional japonesa durante 5 anos.

  • Miho Kono
  • Japão
  • Nado sincronizado
Quando você se reuniu à equipe do Cirque du Soleil?

No verão de 2000.

Como aconteceu seu primeiro contato com o Cirque? Qual era o contexto?

Meu treinador conhecia um artista do Cirque du Soleil e sugeriu que eu enviasse meu curriculum vitæ.

Nos fale sobre sua audição, formação ou oficina.

Foi completamente diferente de tudo que eu havia feito em nado sincronizado até então. Eu gostei muito da experiência.

Como foi a sua integração ao espetáculo?

Minha integração foi difícil no começo por causa da diferença de culturas e idiomas. Porém, com o tempo, tudo ficou mais fácil.

De que maneira fazer parte de um espetáculo do Cirque du Soleil permite que você se exprima em sua disciplina?

Como não estamos em competição, podemos explorar diversas maneiras de nos exprimir na água.

Do que é que você gosta mais como membro do Cirque du Soleil?

Eu gosto do fato de que nós provocamos emoções e sensações no público.

Como foi a transição de sua carreira anterior a seu papel atual no Cirque?

Tudo aconteceu muito bem porque eu já fazia nado sincronizado antes de me reunir ao show «O».

Por que você recomendaria a um artista de se tornar membro do Cirque?

Para mim, o Cirque du Soleil é o melhor dos melhores e nos permite utilizar o máximo de nossos talentos nos papéis que representamos.

Como é a vida em Las Vegas?

Extraordinária! A gente sempre tem algo para ver e fazer.

Você gostaria de fazer outros comentários?

O que você está esperando para se reunir à nossa equipe também!