PJ Bogart

Entrevista

Realização atlética ou artística mais importante antes de começar a trabalhar para o Cirque du Soleil:

Atleta de reserva no trampolim de três metros dos jogos olímpicos de 2000, três vezes campeão da NCAA, sete vezes campeão nacional, membro da equipe nacional no campeonato do mundo de 1998.

Nos fale um pouco de seu percurso atlético antes de se reunir à equipe do Cirque du Soleil:

Eu comecei a saltar aos 11 anos de idade.

  • PJ Bogart
  • EUA
  • Salto ornamental
Quando você se reuniu à equipe do Cirque du Soleil?

Em novembro de 2001.

Como aconteceu seu primeiro contato com o Cirque? Qual era o contexto?

Eu assisti o show Saltimbanco em 1998, na Austrália.

Nos fale sobre sua audição, formação ou oficina.

Adorei cada minuto, mas era muito duro.

Como foi a sua integração em Montreal e ao espetáculo?

Eu tive que me adaptar à vida em Montreal, mas tudo ficou mais fácil quando me reuni à equipe do show «O».

De que maneira fazer parte de um espetáculo do Cirque du Soleil permite que você se exprima em sua disciplina?

Eu sempre me vi como alguém que sabe dar um bom espetáculo e o Cirque du Soleil permite que eu me entregue completamente.

Do que é que você gosta mais como membro do Cirque du Soleil?

Eu gosto do fato de poder viver do que eu gosto!

Como foi a transição de sua carreira anterior a seu papel atual no Cirque?

Antes de trabalhar com o Cirque, eu trabalhei como garçom. Até agora, tenho adorado esta mudança de direção!

Por que você recomendaria a um artista de se tornar membro do Cirque?

Este é o melhor emprego do mundo. Quem não gostaria de ser pago para fazer aquilo que gosta?

Como é a vida em Las Vegas?

Existe sempre algo para fazer em Las Vegas a qualquer hora do dia ou da noite. Eu adoro isto!

Você gostaria de fazer outros comentários?

Quando você entra para o Cirque du Soleil, você não quer sair nunca mais!