Zengjiao-JIAN

Entrevista

Realização atlética mais importante antes de se reunir à equipe do Cirque du Soleil:

Ganhei o 6º campeonato nacional de wushu da China e fui campeão do mundo.

Nos fale um pouco de seu percurso atlético antes de se reunir à equipe do Cirque du Soleil:

Tenho vinte anos de formação profissional, fiz parte da equipe de wushu de Beijing e fui treinador para a TNT Wushu Chicago e para o National Wushu Center de Los Angeles. Além disso, participei do programa de MTV The Soon to be Winner e fui ator substituto no filme Warriors of Virtue da MGM.

  • Zengjiao-JIAN
  • China
  • Wushu (arte marcial)
Quando você se reuniu à equipe do Cirque du Soleil?

Em novembro de 2003.

Como aconteceu seu primeiro contato com o Cirque? Qual era o contexto?

Embora já conhecesse a reputação do Cirque, fiquei muito impressionado quando assisti Mystère. Eu sonhava de um dia poder praticar meu wushu num palco assim. Quando eu ouvi falar de KÀ, eu me disse que meu sonho ia se realizar.

Nos fale sobre sua audição, formação ou oficina.

Fiz uma audição e, logo depois, estava a caminho para esta cidade coberta de neve e irreal chamada Montreal. Como me reuni à trupe de KÀ para o processo de criação, não tive nenhum período de formação nem participei de nenhuma oficina.

Como foi a sua integração ao espetáculo?

Como eu me reuni à equipe de KÀ durante a criação do show, isto facilitou minha integração. Tive que trabalhar duro, mas participar de um espetáculo me dá confiança e os aplausos do público são a melhor recompensa.

De que maneira fazer parte de um espetáculo do Cirque du Soleil permite que você se exprima em sua disciplina?

O fato de ter que adaptar minhas habilidades a meu personagem me permitiu exprimir melhor, tanto no plano pessoal quanto no plano de minhas habilidades.

Do que é que você gosta mais como membro do Cirque du Soleil?

Eu gosto muito da reunião semanal onde os artistas e os empregados se encontram como uma grande família.

Como foi a transição de sua carreira anterior a seu papel atual no Cirque?

Quando eu comecei no Cirque du Soleil, eu me dei conta de que o meu treinamento não tinha me preparado para os números audaciosos e abertos exigidos de mim. Eu acredito que meus horizontes se alargaram, meu espírito ficou mais aberto e minhas habilidades se desenvolveram.

Por que você recomendaria a um artista de se tornar membro da equipe do Cirque du Soleil?

Quando eu recomendo o Cirque du Soleil a um artista, eu explico que ele nos dá os melhores espetáculos do mundo e que é uma grande companhia com oportunidades únicas.

Como é a vida em Las Vegas?

Eu gosto muito de minha vida em Las Vegas. Desde que me mudei para aqui, comprei uma casa, me casei com a mulher dos meus sonhos, Zula (ela também é artista em KÀ!) e em breve iremos ser pais pela primeira vez.

Você gostaria de fazer outros comentários?

Tempo + Oportunidade + Esforço = Sucesso