Cirque du Soleil
Fechar
 
 

Sala de imprensa

 

Material para a imprensa

O Cirque du Soleil oferece kits para a imprensa de vários espetáculos e informações sobre a empresa.

Cirque du Soleil

Tudo começou em Baie-Saint-Paul, uma pequena cidade próxima a Quebec City, no Canadá. Ali, no início dos anos 80, um grupo de personagens coloridos perambulava pelas ruas, caminhando sobre pernas-de-pau, fazendo malabarismos, dançando, engolindo fogo e tocando músicas. Eles eram os Les Échassiers de Baie-Saint-Paul (os Equilibristas de pernas-de-pau de Baie-Saint-Paul), um grupo teatral fundado por Gilles Ste-Croix. Os habitantes da cidade ficaram impressionados e fascinados com os jovens artistas, incluindo Guy Laliberté, que, mais tarde, fundaria o Cirque du Soleil e ali atuaria como CEO.

 
 
 

Biografia

Maria Bonzanigo

Compositora e diretora musical

Maria Bonzanigo trabalha com o diretor do Corteo Daniele Finzi Pasca desde que ingressou em sua companhia no Teatro Sunil em 1984 (antes mesmo de ser conhecida por este nome). Sua música é parte integrante de vários conhecidos espetáculos do Sunil, incluindo Te Amo e Tres Tristes Tangos.

Maria também participou de outras produções do Sunil como atriz e dançarina e já atuou como diretora e coreógrafa de suas próprias músicas ou de músicas de outros compositores.

Maria Bonzanigo estudou composição com Paul Glass e dança com Rosalia Chladek, desenvolvendo-se até atingir uma abordagem pessoal para suas criações autorais para os palcos. Além de seu trabalho para o teatro, também criou composições para aclamados espetáculos de circo do Cirque Eloize, como Rain e Nomade (dirigido por Daniele Finzi Pasca).

"Trabalhar com Daniele Finzi Pasca por mais de 20 anos nos permitiu desenvolver uma linguagem juntos", conta Maria. "Uma forma de nos comunicarmos intimamente com o público, e a música é uma parte importante desta linguagem."

Para o Corteo, Maria Bonzanigo divide as funções de compositora com Philippe Leduc. Ela se concentra nas partes da trilha sonora que é executada pelos artistas no palco, enquanto Philippe cria as composições para a trilha sonora orquestrada.

"Artistas e acrobatas estão participando de um espetáculo que traz mais elementos teatrais do que circenses", explica Maria. "A música reflete esse aspecto teatral do show. O estilo mistura pitadas modernas e medievais, com ritmos africanos, asiáticos e latino-americanos. É inovador e simples ao mesmo tempo."

Maria Bonzanigo nasceu em 1966, em Lausanne.