Cirque du Soleil
Fechar
 
 

Sala de imprensa

 

Material para a imprensa

O Cirque du Soleil oferece kits para a imprensa de vários espetáculos e informações sobre a empresa.

Cirque du Soleil

Tudo começou em Baie-Saint-Paul, uma pequena cidade próxima a Quebec City, no Canadá. Ali, no início dos anos 80, um grupo de personagens coloridos perambulava pelas ruas, caminhando sobre pernas-de-pau, fazendo malabarismos, dançando, engolindo fogo e tocando músicas. Eles eram os Les Échassiers de Baie-Saint-Paul (os Equilibristas de pernas-de-pau de Baie-Saint-Paul), um grupo teatral fundado por Gilles Ste-Croix. Os habitantes da cidade ficaram impressionados e fascinados com os jovens artistas, incluindo Guy Laliberté, que, mais tarde, fundaria o Cirque du Soleil e ali atuaria como CEO.

 
 
 

Biografia

Benoit Jutras

Compositor e diretor musical

Como diretor musical e compositor, Benoit Jutras criou obras que capturam a atenção de todo espectador ou amante da música. Além de compor a música para os espetáculos do Cirque du Soleil Quidam, "O" e La Nouba, ele escreveu as partituras do filme produzido pela Imax Cirque du Soleil Journey of Man (uma co-produção da Sony Pictures Classics e do Cirque du Soleil) e a versão em longa-metragem de Alegría, dirigido por Franco Dragone. Mesmo depois de criar essas cinco produções, Benoit Jutras continuou sendo uma contribuição valiosa para o Cirque du Soleil.

Ele iniciou sua carreira na organização em 1987 como diretor musical, trabalhando durante três anos na turnê We Reinvent the Circus, para daí tornar-se diretor musical e co-compositor dos espetáculos da Turnê Européia de 1990. Em parceria com René Dupéré, ele compôs as partituras musicais de Mystère e Fascination. Jutras compôs também algumas das músicas e foi o responsável pela direção musical do espetáculo apresentado pelo Cirque du Soleil no Encontro do G7 em Halifax em 1995.

Em 1996, Benoit Jutras foi eleito Melhor Compositor Circense no Festival Internacional du Cirque de Monte-Carlo. O prêmio reconheceu seu extraordinário trabalho como compositor e diretor musical no espetáculo co-produzido pelo Cirque du Soleil e o Cirque Knie, apresentado na Suíça.

Em 2000, ele compôs a música da produção italiana Francesco il musical, baseada na vida e na época de São Francisco de Assis. O espetáculo foi apresentado na cidade de Assis para marcar a chegada do novo milênio.

Benoit Jutras é mestre em composição pelo Conservatoire de musique de Montréal, que lhe concedeu dois grandes prêmios.