Cirque du Soleil
Fechar
 
 

Sala de imprensa

 

Material para a imprensa

O Cirque du Soleil oferece kits para a imprensa de vários espetáculos e informações sobre a empresa.

Cirque du Soleil

Tudo começou em Baie-Saint-Paul, uma pequena cidade próxima a Quebec City, no Canadá. Ali, no início dos anos 80, um grupo de personagens coloridos perambulava pelas ruas, caminhando sobre pernas-de-pau, fazendo malabarismos, dançando, engolindo fogo e tocando músicas. Eles eram os Les Échassiers de Baie-Saint-Paul (os Equilibristas de pernas-de-pau de Baie-Saint-Paul), um grupo teatral fundado por Gilles Ste-Croix. Os habitantes da cidade ficaram impressionados e fascinados com os jovens artistas, incluindo Guy Laliberté, que, mais tarde, fundaria o Cirque du Soleil e ali atuaria como CEO.

 
 
 

Biografia

Cahal McCrystal

Criação do Clown Act

Desde 1996, Cahal McCrystal tem sido um dos poucos criativos britânicos totalmente dedicados à comédia dos palhaços. Depois de assinar os números de palhaços em Varekai, Cal regressou para criar os números de humor em Zumanity.

Apesar da crítica ter comparado os seus personagens com os de Mel Brooks, Monty Python e Irmãos Marx, o objectivo de Cahal continuou a ser o de criar palhaços com personalidade própria. "O meu trabalho é desenvolver o palhaço que existe em cada actor e este “palhaço” emerge pelo confronto com as próprias fraquezas. Tal requer uma grande dose de humildade e generosidade da parte dos actores. Mas é extremamente gratificante. Admiramos as pessoas pelos seus sucessos mas é pelas suas fraquezas que as amamos. É por isso que adoramos os palhaços, eles mostram-nos o seu lado tonto e verdadeiramente humano.”