Cirque du Soleil
Fechar
 
 

Sala de imprensa

 

Material para a imprensa

O Cirque du Soleil oferece kits para a imprensa de vários espetáculos e informações sobre a empresa.

Cirque du Soleil

Tudo começou em Baie-Saint-Paul, uma pequena cidade próxima a Quebec City, no Canadá. Ali, no início dos anos 80, um grupo de personagens coloridos perambulava pelas ruas, caminhando sobre pernas-de-pau, fazendo malabarismos, dançando, engolindo fogo e tocando músicas. Eles eram os Les Échassiers de Baie-Saint-Paul (os Equilibristas de pernas-de-pau de Baie-Saint-Paul), um grupo teatral fundado por Gilles Ste-Croix. Os habitantes da cidade ficaram impressionados e fascinados com os jovens artistas, incluindo Guy Laliberté, que, mais tarde, fundaria o Cirque du Soleil e ali atuaria como CEO.

 
 
 

Biografia

Nol van Genuchten

Desenho de Luz

Varekai foi o baptismo de fogo para Nol van Genuchten enquanto desenhador de luz num espectáculo Cirque du Soleil. Primeiramente contratado como técnico de luz para a digressão europeia de Saltimbanco, rapidamente se juntou à equipa como coordenador de luz. Em 1996, tornou-se assistente do desenhador de luz, Luc Lafortune. Nol van Genuchten fez parte da equipa de criativos de "O", La Nouba, Dralion e KÀ.

Para ele, ter participado em Varekai foi um presente precioso. "Foi uma viagem fascinante em que os criativos da equipa vêm de diferentes áreas como o circo, o teatro, as artes visuais e a música. Mas também foi um desafio para mim pois, de vez em quando, tive de procurar o artistas dentro de mim e desbravar o meu caminho.”